O caso da Catalunha e o colapso da união europeia

Líder de um movimento independentista e deputado pelo partido Juntos pela Catalunha (JxCat), Jordi Sànchez está preso desde outubro por crime de insurreição, cometido no ano passado na tentativa separatista de 27 de outubro. Ele e outros colegas são alvo de acusações de sedição.

Varios juristas han afirmado este martes (2017!) que los consellers cesados y líderes soberanistas encarcelados son "presos políticos" y han exigido su inmediata liberación por considerar que su encarcelamiento contraviene tanto leyes de España como la Constitución, como convenciones europeas.

Nota: uma "união" europeia que se cala perante o totalitarismo espanhol é uma "união" que merece desaparecer.

Mensagens populares