Jovem jornalista violada e brutalmente assassinada na Bulgária

O corpo da jornalista Viktoria Marinova, de 30 anos, foi encontrado à beira de um caminho na cidade de Ruse, no nordeste da Bulgária, desencadeando uma onda de revolta e solidariedade entre a população e promessas de intensa investigação por parte das autoridades do país. As primeiras informações divulgadas sobre a morte de Marinova revelam que terá sido violada, agredida na cabeça e asfixiada.
Nota: na UE já é @ terceir@ jornalista assassinad@! Meter na "união" países "geneticamente" corruptos e mafiosos, em vez de "civilizar" os que já a integravam e revelavam (e revelam) gravíssimos problemas. Foi um "erro" (era previsível que o que está a acontecer, acontecesse, não foi um erro foi a psicopatia do alargamento do "mercado") que vai conduzir ao colapso desta (má, logo não se perderá grande coisa) "união". Escusado dizer que Viktoria investigava a alta corrupção de Estado relacionada com os fundos europeus... (que só têm servido para incrementar exponencialmente a "natural" corrupção dos países corruptos)

Mensagens populares