Francisco, na sequência de mais um caso de abusos sexuais cometidos no seio da Igreja Católica, escreveu uma carta em que admite “vergonha e arrependimento”

Ainda assim, as suas palavras são vistas por Anne Barrett Doyle, do site BishopAccountability.org, um site que agrega os vários casos de abusos sexuais na Igreja Católica, como "retórica reciclada". 

Mensagens populares