Metade dos professores com sinais "preocupantes" de exaustão emocional

Esgotados e frustrados profissionalmente — é este o retrato dos professores que é feito por um estudo da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, que é apresentado nesta sexta-feira. Quase metade dos docentes dá sinais “preocupantes” de “exaustão emocional”. E mais de 40% não se sentem realizados profissionalmente.

Mensagens populares