Mae Jemison: "parti do princípio de que um dia iria ao espaço"


e isto não tinha que ver com ser astronauta. Naquele tempo, a corrida espacial era algo muito presente. Mas também assumi que poderia ser arquiteta ou dançarina, não como sonho mas como algo que era alcançável. E depois há uma altura da vida em que temos de tomar uma decisão e eu estava na universidade, a estudar Engenharia Química em Stanford e também Estudos Africanos, e no fim tive de ponderar ir para Nova Iorque tornar-me dançarina ou ser médica. E na altura, apesar de dançar muito e continuar a dançar [risos], decidi ir para uma faculdade de Medicina

Mensagens populares