A incapacidade de solidificar instituições democráticas nas várias nações do leste europeu está a ter reflexos dramáticos na democracia continental

Vista de fora, a crise democrática eslovena parece difícil de entender: as previsões de crescimento económico para o país são de 5,1% este ano e o receio dos migrantes está completamente desajustado com a realidade de uma pequena nação que apenas acolheu 200 pessoas entre 2015 e 2016, muito abaixo do que poderia ter feito

Nota: Barroso preocupou-se com o alargamento quando se deveria ter preocupado com a consolidação dos valores subjacentes à UE nos países membros, alegando que a UE não é um clube fechado. Agora o resultado está à vista: do alegadamente "clube aberto" barrosiano, para bem e por interesse dos "mercados", passou-se à fase do clube em queda livre.

Mensagens populares