A audiência a Mark Zuckerberg no Parlamento Europeu foi incompetente

O Parlamento Europeu teve uma excelente oportunidade de demonstrar que é uma referência a seguir. Teve essa oportunidade e perdeu-a

As perguntas dos eurodeputados a Zuckerberg foram em geral muito mais certeiras do que as dos congressistas americanos. As respostas foram porém bastante piores, muito por culpa de um modelo de audição (escolhido pelo presidente do Parlamento Europeu) que se revelou inadequado. Mas a audição permitiu perceber que há mais do que uma maneira de regular o Facebook e que os instrumentos para o fazer estão nas mãos da União Europeia — se esta os quiser usar.

Mensagens populares