Morte de Liu Xiaobo mostra a crueldade da China

Vencedor do Prémio Nobel da Paz em 2010, o escritor e defensor dos direitos humanos tinha 61 anos. Estados Unidos e países europeus pedem a Pequim para libertar a mulher do preso político e deixá-la viajar para o estrangeiro.

Nota: a mulher do escritor é mantida em isolamento, impedida de se movimentar livremente e muito menos falar com jornalistas.

Comentários

Mensagens populares