Os “meninos das caixinhas”

Ser padre “era uma opção radical, uma ideia de que ser padre era nada ter a perder. Era um atrevimento total na entrega à causa dos mais pobres”, diz Edgar Silva, que desde cedo se envolveu em projectos alternativos de apoio a crianças de rua. 

 Os chamados “meninos das caixinhas” vinham “aos bandos com umas caixas pedir dinheiro aos turistas” e foram protagonistas do primeiro grande escândalo de pedofilia nacional. Edgar Silva denunciou o caso na década de 1990 e é ainda considerado por muitos como o “herói” dos meninos.

Comentários

Mensagens populares