Quem votou PS

votou partindo do princípio que o PS não iria viabilizar as medidas do governo Passos/Portas, a começar pelo Orçamento, pois foi esse o discurso que Costa apresentou aos eleitores. Por isso o PS, com ou sem Costa, não tem legitimidade para proceder de forma contrária ao que proclamou. A Costa, que afastou Seguro por ganhar por pouco, falta-lhe a "legitimidade básica".

Comentários

Mensagens populares