Ativista em estado crítico por greve de fome em protesto contra detenções arbitrárias em Angola

O ativista angolano Luaty Beirão, detido há mais de três meses, encontrar-se-á em estado de saúde crítico ao fim de 19 dias de greve de fome, em protesto contra as detenções arbitrárias e acusações formuladas contra o grupo que se reuniu para conversar sobre direitos humanos e democracia em Angola.

Comentários

Mensagens populares