“A sociedade portuguesa caracteriza-se pela insuficiência do Estado social”

A sociedade portuguesa caracteriza-se pela insuficiência do Estado social, das respostas que este dá às famílias. Isto deixa as pessoas muito vulneráveis aos riscos de desemprego, de doença, de velhice. Nós manifestamos práticas generalizadas de solidariedade, nomeadamente de matriz intergeracional, o que faz com que haja almofadas de segurança para as pessoas que lhes permitem preservar aquilo que elas consideram essencial, mais do que se tivessem desprotegidas sem essa rede social de apoio. A habitação, que é o grande motivo para o endividamento familiar, é um domínio fundamental da vida das famílias e elas fazem um grande esforço para salvaguardar esse domínio. Só quando não aguentam mais e não têm mais soluções [é que entram em incumprimento]. 

Nota: um país onde nem sequer existe assistência médico-dentária no sistema público...

Comentários

Mensagens populares