O regime assentava na opressão

e a opressão assentava no medo. Quando as pessoas começam a perder o medo também é contagioso. Portanto, muitos elementos que à partida se mantinham nas posições em que estavam porque tinham medo, começam a ver os outros a partir as amarras e eles também as partem por arrastamento. Chega-se à tal situação, em que o regime eram meia dúzia de indivíduos que viviam à custa do contexto, e são esses que ficam isolados, com dois argumentos de peso: a opinião pública, mas também a comunicação social a dizer que tínhamos uma força que ficava aquém da verdadeira. Houve uma jogada de bluff, e essa jogada, por arrastamento, fez desmoronar o castelo, mas sem bases, pois nós não tínhamos força mas não tínhamos outra situação.
Salgueiro Maia in Entrevista ao CD25A - Projecto de História Oral (1991)

Mensagens populares