Morreu Silva Lopes

O antigo ministro das Finanças e ex-governador do Banco de Portugal tinha 82 anos e estava internado desde o final de fevereiro no hospital de Santa Maria, em Lisboa.
...
A partir de 1975, preencheu o cargo de governador do Banco de Portugal que manteve até 1980, numa época em que Portugal, depois dos anos quentes que se seguiram à Revolução de 1974 e após ter celebrado o primeiro acordo de assistência com o Fundo Monetário Internacional, em 1977, procurava estabilizar a economia e a situação financeira. Integrou os quatro primeiros governos provisórios que se seguiram ao 25 de abril, ocupando, sucessivamente, os cargos de secretário de Estado das Finanças, durante o primeiro Governo provisório, de ministro das Finanças, nos segundo e terceiro Executivos pós-revolução, e de ministro do Comércio Externo no quarto Governo provisório.

Mais tarde, em 1978, regressou ao Governo como ministro das Finanças e do Plano, enquanto membro do terceiro Governo Constitucional, liderado por Alfredo Nobre da Costa, que durou escassos três meses e que foi o primeiro que resultou da iniciativa do então Presidente da República, António Ramalho Eanes.
...
Crítico de muitos aspetos do mais recente programa de assistência da troika a Portugal, o economista dizia à Rádio Renascença, em 2013, sobre os controversos cortes nas pensões de reforma: “Eu sou pensionista, quem me dera a mim que não toquem nas reformas, mas tocam, vão tocar e eu acho muito bem. Não há outro remédio. A geração grisalha não pode asfixiar a geração nova como tem feito até aqui”. (observador.pt)

Comentários

Mensagens populares