Mariquita-de-perna-clara voa três dias sobre o mar sem parar

Quatro partiram ou da costa da Nova Escócia, no Canadá, ou mais a sul, de Long Island, New Jersey, nos Estados Unidos, e fizeram uma viagem de 2270 a 2770 quilómetros, entre 49 e 73 horas, até às ilhas nas Caraíbas. A este percurso durante este tempo corresponde uma velocidade média de 38,5 a 48,2 quilómetros por hora. Nas Caraíbas, as aves descansaram cerca de uma semana e depois fizeram o resto do trajecto até à América do Sul. A quinta ave fez uma viagem mais curta, de apenas 1500 quilómetros. No ano seguinte, as aves voltaram não pelo oceano mas voando por terra.
...
Outro mistério é o que aconteceu para esta espécie, ao contrário das outras espécies próximas, ter escolhido a viagem marítima em vez da terrestre. “Não tenho resposta”, diz o investigador. Evolutivamente, esta foi uma solução com sucesso. “Nesta viagem, as aves evitam predadores” e “chegam mais cedo ao seu habitat” de Inverno do que as espécies que vão por terra, refere Ryan Norris, especulando sobre as razões para esta viagem se repetir todos os anos, sem pausas, sem repouso.

Comentários

Mensagens populares