O liberal Cúelho não gosta nada de pagar impostos

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho terá sido alvo de cinco processos de execução fiscal entre 2003 e 2007. O jornal Expresso avança esta quarta-feira, 4 de Março, na sua edição diária, que no historial do contribuinte Passos Coelho constam cinco processos de execução fiscal que ascendem a um montante total de perto de 6 mil euros.

São já três os antigos presidentes do PSD a criticar Passos por causa do caso das dívidas. E com palavras duras que vão contra a estratégia do partido de “matar” o tema. (obviamente que os "ultra-liberais" Cúelhons são umas "excrecências" mas, na verdade, são a continuação lógica do algarviado-cavaquistão, Ha! cada vez que o "grande catedrático" de economia, ex-PM, agora PR, fala, percebe-se porque é que os filhos dos portugueses são os descendentes de imigrantes que menos aproveitamento escolar têm, em termos relativos e absolutos, em todos os países para onde foram)

Mensagens populares