Com Euro ou sem Euro?

diz Ferreira do Amaral (jn e dn de hoje) que dentro do Euro nada mais pode haver, para portugueses e gregos, nomeadamente, que austeridade. Tirando o aspeto da desvalorização de uma moeda própria para a competitividade, saindo-se do Euro, seríamos capazes de nos educar - efetiva e estruturalmente - para uma sociedade "limpa" e transparente, ou seríamos eternamente um povo labrego e corrupto, numa sociedade de desigualdades "africanistas", que oferece sol e praia para os desenvolvidos do norte da Europa?

Comentários

Mensagens populares