Mais corruptos de Estado & mais mafiosos futeboleiros

Acção em larga escala na Grande Lisboa conta com 70 buscas e já foram detidas cinco pessoas, entre elas um director e uma chefia do Centro Distrital da Segurança Social de Lisboa, um advogado e dois técnicos oficiais de contas.

O ex-vice-presidente do Sporting e ex-inspetor da PJ, Paulo Pereira Cristóvão, foi detido na manhã desta terça-feira por suspeitas de envolvimento em assaltos à mão armada nas zonas de Lisboa e Setúbal. Segundo apurou o Observador junto de fonte da Polícia Judiciária, Pereira Cristóvão não participaria diretamente nos assaltos, mas tinha um papel de informador.
Na sequência da investigação da Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT) foram também detidos dois outros homens, entre os 37 e os 49 anos, por suspeitas dos crimes de associação criminosa, sequestro, roubo qualificado, usurpação de funções, abuso de poderes e detenção de armas proibidas, segundo refere a PJ em comunicado. Um dos detidos integrava a claque Juveleo.
Fonte da PJ disse ao Observador que Pereira Cristóvão e ‘Mustafa’, da Juveleo, passavam informações aos assaltantes de possíveis alvos: pessoas com muito dinheiro e muitos bens em casa.
Na sequência da mesma investigação, tinham já sido detidos 12 outros suspeitos no verão de 2014, alguns deles pertencentes a uma força policial que se dedicava a fazer roubos em interiores de residências

Comentários

Mensagens populares