Se

os "liberais" no poder, em Portugal e Espanha, andam, subrepticiamente, a pressionar a CE e o BCE, nomeadamente, para serem "duros" com a Grécia, para que a sua política de austeridade para os pobres e "liberalismo" para o capital financeiro, não seja (liminar e definitivamente) arrasada pela realidade, estaremos perante uma traição "lesa Estado" e um crime asqueroso contra os povos dos países que têm sofrido a tal "austeridade" (curiosamente, as compras de carros alemães, de grande cilidrada, não param de aumentar...)

Comentários

Mensagens populares