Se

quando Theo Van Gogh foi assassinado pelos Bandidos do islão, por causa de um filme que eles acharam ofensivo (porque retratava parte, só parte - porque o islão é imensamente pior do que aquilo que ele retratou, artisticamente, no filme - da verdade, da sua violenta e atroz religião), tivessem sido tomadas as medidas exemplares que se impunham, não teriam havido as mortes e atrocidades que entretanto aconteceram. O politicamente correto já acabou em tragédias múltiplas - cuja responsabilidade máxima é d@s cretin@s "politicamente corret@as". Agora espera-se que a História tome o curso que terá de tomar. Acima das liberdades abstratas e dos direitos humanos abstratos - que têm protegido também os terroristas e os bandidos - está o direito a uma vida digna, sem coação e sem mêdos.

Mensagens populares