Escutas feitas pela PSP e GNR constituem um perigo para o Estado de Direito já que pelo menos a PSP está minada por agentes corruptos *

De acordo com informações recolhidas pelo JN, uma primeira versão do documento destinado ao Conselho de Ministros continha inclusivamente uma proposta de redação em que é atribuída em exclusivo à PJ a competência para investigação de crimes em que seja autorizada a interceção de conversas telefónicas, conversas entre presentes (escutas ambientais) e comunicações na internet.

* de resto seria "interessante" investigarem-se os contornos de determinados negócios...

Comentários

Mensagens populares