É pouco para um monstro desta espécie! É necessário mudar a lei. *

Pedro Vieira foi condenado a 21 anos de prisão, esta quinta-feira, por matar a namorada Mayara, cujo o corpo foi encontrado queimado no forno de uma serração abandonada em Santa Lucrécia de Algeriz, arredores de Braga.

* num país onde monstros destes proliferam, 25 anos como pena máxima é brincar com o mais elevado direito, que é o direito à vida, assim como com a promoção e proteção efetiva dos "direitos humanos". Obviamente para se pôr um termo a esta espécie de genocídio [mas para que serve a UE se, depois de várias décadas, nem sequer conseguiu fazer respeitar o direito à vida, liberta de chantagens e ameaças, num Estado fundador do Euro?!] é necessário instaurar-se um estado de excecionalidade: primeiro há que salvar as potênciais vítimas e, simultaneamente, educar, criativa mas estritamente, as futuras gerações para o respeito primordial pelas integridade física e psicológica dos outros seres. Sem isto o lugar não merece continuar a existir como Estado independente e soberano.

Comentários

Mensagens populares