Acordos secretos com Luxemburgo permitem a 340 multinacionais pagar menos impostos

A notícia, publicada nesta quinta-feira em mais de 40 meios de comunicação internacionais, com reprodução de vários documentos que provam a existência de acordos secretos, envolvem multinacionais conhecidas como a Apple, a Amazon, a Ikea ou a Pepsi.
Em causa está a evasão fiscal em montantes muito elevados, da ordem dos milhares de milhões de euros, que deveriam ser pagos nos países onde são gerados os lucros.
Os acordos foram estabelecidos entre 2002 e 2010, revela a investigação do ICIJ , que conta entre outros, com parceiros como os jornais Le Monde (França), The Guardian (Reino Unido),  Suddeutsche Zeitung (Alemanha) e o Asahi (Japão).

Comentários

Mensagens populares