A "questão gay" no Portugal de hoje

Porque há, "de repente", tantos gays em Portugal? Trata-se, a meu ver, de um duplo fenómeno: por um lado o envelhecimento da população, por outro a decadência do país. Trata-se basicamente de um fenómeno de decadência e envelhecimento que se mascara de "modernidade" e pretensa "abertura". No entanto pode implicar questões mais "clínicas", como um "contágio" de perversidades que se generalizou a todos os aspetos da vida dos portugueses, sendo, neste caso, a homossexualidade o menor dos males, se não passar ao campo do abuso, físico ou psicológico, do "outro", tendo eu as maiores dúvidas que isso não aconteça na generalidade dos casos. "Casos residuais"? Não me parece. Tratam-se de sinais ineludíveis de uma decadência sem retorno da qual, José Saramago, com prespicácia e antecipação, nos deu notícia. Decadência, corrupção, brutalidade e hipocrisia bronca (enquanto os abusos graves continuam).

Mensagens populares