Mais vale uma Síria na Europa que dar a vitória à Corrupção e à Mafia de Estado

O Presidente ucraniano, Viktor Ianukovich, disse à oposição que não irá cancelar um assalto policial sangrento sobre a Praça da Independência, o principal ponto de concentração da manifestação antigoverno. Pelo menos 25 pessoas morreram nos confrontos armados, entre estes seis polícias, que se estendem a outros pontos da Ucrânia e já motivaram a reação da comunidade internacional.

Comentários

Mensagens populares