Kennedy ponderou intervir militarmente no Brasil

o apoio diplomático americano aos golpistas - o sucessor de Kennedy, Lyndon Johnson, deu seguimento ao plano traçado quanto ao Brasil -, refere o jornal Folha de São Paulo, foi essencial para a vitória do golpe militar que, a 1 de Abril de 1964, instaurou uma ditadura que duraria 21 anos.

A morte do ex-Presidente Juscelino Kubitschek, que governou o Brasil entre 1955 e 1960, não foi um acidente, mas antes um assassínio encomendado pelo antigo regime militar

Mensagens populares