Pussy Riot prometem continuar a lutar contra Vladimir Putin

Putin só concedeu a amnistia por receio de uma possível contestação internacional às políticas do regime em termos de direitos humanos durante a competição. “As autoridades só tomaram esta decisão por estarem debaixo de intensa pressão, tanto na Rússia como nos países ocidentais. Não há aqui nada de humanitário. Depois da olimpíada, a repressão continua”, sublinhou Nadezhda Tolokonnikova.

Comentários

Mensagens populares