WPO: metade dos músicos era nazi

Segundo a agência de notícias France Presse (AFP), é com base no trabalho destes especialistas que a orquestra está agora em condições de revelar que pelo menos 13 dos seus músicos foram afastados por serem judeus, por terem casado com judeus ou por se oporem frontalmente à anexação. Destes, seis terão sido assassinados e os restantes deportados para campos de concentração. A maioria dos que conseguiram partir para o exílio radicou-se nos Estados Unidos e no Reino Unido e nunca mais voltou.

Mensagens populares