Um nó que custou 21 milhões (até agora!)

Desde que rescindiu o contrato com os ENVC, em 2008, alegando uma diferença de um nó na velocidade máxima atingida pelo ferryboat, a Atlânticoline já gastou 21 milhões de euros no aluguer de dois navios ao armador grego Hellenic Seaways para as ligações durante três anos, até 2012.

Comentários

Mensagens populares