Notícias do fascismo bielorusso

Carl Bildt, ministro dos Negócios Estrangeiros da Suécia, disse hoje que a Bielorrússia expulsou todos os diplomatas daquele país escandinavo acreditados em Minsk. Uma situação que se segue à expulsão do embaixador Stefan Eriksson pelo Presidente Alexander Lukashenko, na última sexta-feira.

No Twitter, que usa com regularidade, o governante sueco escreveu que «o medo [de Lukashenko] pelos direitos humanos está a atingir novos máximos». Confrontado pelos jornalistas em Estocolmo, Carl Bildt nada acrescentou.

A expulsão de Stefan Eriksson ter-se-á ficado a dever a um alegado encontro entre Stefan Eriksson com opositores ao regime bielorrusso bem como pela oferta de livros a uma universidade da capital, alguns deles sobre direitos humanos.

Mensagens populares