Do tempo

Não é o Governo que está a “exigir de mais” ao país – é antes o tempo que “é muito exigente”.


(e que tal falar do clima a esse pessoal dos IP's, das Fundações, das PPP's, das EP's e das EM's, nomeadamente? E não esquecer aqueles que, como o ministro Relvas *, acumulam pensões com salários pagos pelo Estado!)


* que, como deputado, acumulava (promiscuía) com a gestão e administração de empresas.


(um dia, no tempo, os chicos-espertos profundamente corruptos que arruinaram Portugal hão-de estar numa qualquer lista negra)

Mensagens populares