Finalmente uma guerra civil "comme il faut" *

A surprise assault by Syrian insurgents on a Republican Guard base in Damascus, just a few miles from the presidential palace, elicited a furious military response on Tuesday, with government forces shelling surrounding neighborhoods in an escalation that brought combat in the Syrian conflict close to the heart of the capital. (nytimes.com)


* e não o massacre puro e simples das populações pelas forças do governo. Dentro em pouco o alvo a abater será o próprio Assad e o seu círculo restrito. Depois da mortandade que causaram há que não os deixar escapar, pois é isso que tentarão quando a derrota começar a ser evidente.

A Turquia reforçou esta quinta-feira a mobilização militar junto à fronteira com a Síria, aumentando o número de tropas e veículos armados, numa medida definida como “preventiva” depois de o primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, ter dado ordens para o exército reagir a qualquer ameaça vinda do lado sírio.

Mensagens populares