O "jogo do medo" e da destruição

Salafistas ofendidos destruíram obras nas ruas de Tunes e um imã apelou à morte dos "descrentes". Houve tumultos e centenas de feridos. A arte serve para "ser bonita", diz o ministro da Cultura.


A destruição de vários mausoléus de santos muçulmanos sufistas em Tombuctu, no Norte do Mali, por um dos grupos de islamistas que controlam a região não foi senão o princípio. “O Ansar Dine vai destruir todos os mausoléus da cidade. Todos os mausoléus, sem excepção”, avisou à AFP o porta-voz do grupo com ligações à Al-Qaeda, Sanda Ould Boumama.

Comentários

Mensagens populares