Ibéricos revanchismos

Houve desigualdade de tratamento, segundo concluíram os representantes de associações de magistrados de 13 países que estão reunidos em Vilamoura, porque as mesmas escutas que justificaram a condenação de Baltasar Garzón foram validadas pelo juiz que o substituiu no processo e nada aconteceu a este. jn.pt


É evidente que o processo contra Garzón foi uma vingança da Espanha fachista e revanchista contra quem ousou tentar julgar os crimes contra a humanidade praticados por Franco, "lavados" administrativamente nunca se percebeu porquê e por quem, sendo de realçar que os crimes contra a humanidade nunca prescrevem.

Comentários

Mensagens populares