Já percebi *


BEIJING, Feb. 2 (Xinhua) — China is considering “involving itself more deeply into” the efforts to address Europe’s debt issue through channels like the European Financial Stability Facility (EFSF) and the European Stability Mechanism (ESM), Chinese Premier Wen Jiabao said on Thursday.
Wen made the remarks at a joint media briefing after talks with visiting German Chancellor Angela Merkel. Merkel arrived in Beijing Thursday morning, starting a three-day official visit to China.


* a Alemanha quer meter a China ao barulho por três motivos: 1) é o mercado chinês quem vai substituir-se ao europeu na manutenção do crescimento da economia alemã que tranquilamente há-de fazer um manguito aos europeus do sul e dos balcâs, de quem já não necessita para comprarem os carros alemães (que é a única coisa que conseguem valorizar...), até porque já não os podem pagar; 2) na partilha tácita da Europa com a China, ao convidar a China para salvar os países em bancarrota, a Alemanha cria um aliado que virtualmente será no futuro a grande potência militar, podendo a Alemanha dar-se ao luxo de continuar com um exército dedicado unicamente a supostas missões de paz, não podendo portanto ser acusada de comportamentos bélicos; 3) se a China pagar a factura, ou parte substancial dela, relativa à salvação dos países em bancarrota, Merkel tem a vitória virtualmente garantida nas próximas eleições.  A senhora Merkel é muito mais inteligente do que os "simplistas" do sul da Europa e dos balcâs (ainda que estes nem sequer tenham voz activa, exceptuando... a Grécia...) supunham.

Mensagens populares