Justiça terrorista (VII)

Tinha saído há pouco da cadeia, onde cumpriu pena por ter violado uma menina de 12 anos, quando voltou a atacar no concelho da Maia. Desta vez, a vítima foi outra menor residente na vizinhança, de 15 anos, portadora de uma deficiência mental. O homem foi detido pela Polícia Judiciária e libertado esta sexta-feira pelo Tribunal da Maia. jn.pt

Nota: compete à Alemanha, e à UE, pôr ordem na justiça nos países da Eurozona, depois da ordem estar estabelecida na economia.

Mensagens populares