Torero defende facínora *

O ex-presidente do governo espanhol José Maria Aznar criticou este sábado os Estados Unidos e alguns países europeus por terem lançado um ataque militar contra o regime de Muammar Kadafi quando este, defende, se tornou há anos "amigo" do Ocidente.

Numa conferência na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, Aznar criticou ainda o facto de estes países, em contraponto, não actuarem da mesma forma contra os regimes do Irão e da Síria, onde a população apelou ao Ocidente que a apoiasse sem ter qualquer resposta por parte dos Estados Unidos e dos países europeus. jn.pt

* engraçado que em relação à ETA o torero tem uma posição totalmente oposta e até tentou convencer as pessoas - num exercício de mentira grosseira - que tinha sido a ETA a pôr as bombas nos combóios em Madrid antes das eleições que acabou por perder.

Mensagens populares